Horóscopo do Dia » Quiromancia

Quiromancia

A Quiromancia é a técnica de adivinhação do futuro por meio da leitura da palma da mão de uma pessoa. A leitura está relacionada à indicações fornecidas pela mão e os impulsos fatais ou voluntários que uma pessoa experimenta. A palavra Quiromancia vem do grego "Kheiromanteia" e significa "Kheir" - Quiro (mão) e "Manteia" – Mancia (adivinhação). Com essa técnica, podemos chegar a determinações muito precisas compatíveis ao caráter e às aptidões de uma pessoa.

Alguns aspectos devem ser observados antes de começar a leitura. O primeiro deles é o tamanho da mão. A mão grande é sinal de uma pessoa cordial e amável. Se a mão for grande e fina designa uma pessoa engenhosa e auto-avaliadora. A mão grande e gorda representa uma pessoa que gosta pouco de si mesma, mas também é inclinada à caridade e à liberdade. Se a mão for grande, espessa e rude, a pessoa é melancólica.

Se a mão for mediana e fina o espírito é sutil. A mão média, gorda e seca mostra que a pessoa tem dificuldade de aprender. Mão de tamanho médio, gorda e úmida mostra que a pessoa é boa, afável e sensual. As mãos grossas e gordas representam uma pessoa estúpida e robusta.

Já se a mão for pequena, caracteriza uma pessoa orgulhosa. Mão pequena e delgada mostra soberba, luxúria e melancolia. Mão pequena, delgada e úmida, mostra que a pessoa é engenhosa e não pré-disposição para más influências. Mão pequena, delgada e seca indica que a pessoa não é honesta, mas é astuta, desconfiada e sonhadora.

Se a mão não tiver pelos mostra que a pessoa é pouco inclinada a prazeres sexuais. Mão peluda indica que a pessoa tem pouco discernimento, é inconstante mas muito forte.

Cada dedo da mão representa particularmente uma sugestão. O Anular, também chamado de Apolo, significa arte. O dedo Mínimo, ou dedo de Mercúrio, representa ciência. O Indicador, ou dedo de Júpiter, são as honras. O Polegar é o dedo de Vênus e indica a vontade e o amor. O conjunto dos dedos representa os impulsos que se apresentam ao indivíduo.

História
Essa técnica surgiu na Índia no ano 4 mil a.C e foi praticada na China, Tibet, Pérsia, Mesopotâmia e Egito. Os antigos sábios acreditavam que o passado, presente e futuro estavam registrados no formato e nas linhas das mãos. A partir dessa leitura, determinava-se o comportamento e personalidade de uma pessoa e o passado, presente e futuro dela.

O filósofo grego Aristóteles também fazia a essa leitura e dizia que a mão é o principal órgão do corpo humano e ensinou essa técnica a grandes imperadores antigos, como Alexandre, o Grande. O Imperador Júlio César acreditava ter tanta habilidade para decifrar essas adivinhações que julgava seus homens pela aparência de suas mãos.

Quem difundiu e popularizou a Quiromancia foram os ciganos. A leitura das mãos é uma atividade exclusiva das mulheres ciganas. Elas aprendem desde pequenas com suas mães e passam este ensinamento para as filhas. A tradição manda que as ciganas saiam sempre com outras mulheres de sua família em busca de alguém que queria saber o futuro.

Gostou? Então Compartilhe!

Vocês Combinam?

Descubra o que os astros têm a dizer sobre seu relacionamento!



Numerologia

Descubra mais sobre sua vida pessoal, amorosa e financeira.

O Horóscopo © 2017 - Todos os direitos reservados
Powered by Galera Rox